câncer

  1. Campanha de Prevenção ao Câncer Colorretal

    Ações de conscientização e prevenção ao câncer colorretal são representadas pela Campanha Março Azul Marinho, que busca reverter a grande mortalidade da doença em todo o mundo. Com o objetivo de unir forças ao movimento, o oncologista clínico Eduardo Saadi Neto participou da nossa entrevista e respondeu perguntas que ajudam a disseminar informações e a enfatizar que, com exames preventivos, detecção precoce e tratamento adequado, a cura é extremamente possível. Entenda melhor essa enfermidade, que se origina no intestino:

     

    – O que é o câncer colorretal e como ele age no nosso organismo?

    O Câncer Colorretal é um tumor maligno que nasce no Intestino Grosso. O Intestino Grosso é a porção final do Trato Digestivo, responsável por metabolizar e absorver nutrientes e água. Se não for detectado precocemente, o Câncer Colorretal pode se espalhar pelo corpo e comprometer, por exemplo, fígado e pulmão.

     

    – Há formas de p

    Leia mais »
  2. Março Lilás: Prevenção do câncer cervical

    Em apoio a Campanha Março Lilás, o Grupo Total entrevistou Fabio Zola, Oncologista Clínico, sobre o câncer do colo do útero, também chamado câncer cervical. Neste mês de prevenção, atenção e combate da doença, colocamos em foco a importância do exame preventivo e informações sobre sintomas e diagnóstico. Confira a conversa completa com o médico:

    – O que é o câncer de colo de útero e como ele age no organismo da mulher?
    Também chamado de câncer cervical, é um tipo de tumor maligno que ocorre na região inferior do colo do uterino que fica localizado no fundo da vagina. Geralmente associado a uma infecção persistente por alguns tipos Papiloma humano (HPV). A infecção por esse vírus é muito frequente na população e não causa doença na maioria das vezes, mas pode ter a evolução desta infeção que leva a alterações celulares até a formação de um câncer. Como existe esse tempo entre a infecção inicial até a progressão para o tumor, pode ser descoberto e tratado a temp

    Leia mais »
  3. Fevereiro Laranja e o combate à leucemia

    Por meio de ações, os meses de conscientização são responsáveis por divulgar informações e impulsionar a cooperação da sociedade em questões de saúde extremamente relevantes. A campanha Fevereiro Laranja alerta sobre a leucemia em prol da doação de medula óssea, um ato de suma importância para aqueles que são diagnosticados com a doença, e que encontram dificuldades na procura por doadores de medula óssea compatíveis: a relação de compatibilidade pode ser de 1 para cem mil ou até mais.
    Maria do Carmo Favarin é hematologista e, de maneira didática, explica o que é a leucemia e as diferenças que existem entre os casos e suas classificações. Além disso, a entrevistada pelo Grupo Total relata quais são os principais sintomas, diagnósticos e etapas fundamentais para consolidar um tratamento adequado aos pacientes. Entenda a importância de ser um doador:

    Leia mais »
  4. Março Lilás alerta para a prevenção do câncer de colo de útero

    A campanha “Março Lilás” chama a atenção para o câncer de colo de útero, uma doença de desenvolvimento lento, que pode, inclusive, não apresentar sintomas em sua fase inicial. Nos estados mais avançados, este câncer pode causar sangramentos vaginais, fadiga, perda de peso sem motivo aparente, náuseas, dor abdominal e menstruação irregular. A conscientização e a prevenção são muito importantes e podem começar desde cedo, uma vez que a doença é causada por uma infecção persistente por tipos de HPV.

    Entre as principais formas de prevenção está a vacina contra HPV, que já pode ser aplicada em meninas a partir de 9 anos de idade. Uma vez que o HPV é sexualmente transmissível, o uso de camisinha durante as relações sexuais também é uma eficiente forma de prevenção. Há também o exame de papanicolau, exame rápido e simples que coleta células do colo do útero, pelas quais é possível identificar alguma variação ou mesmo infecção. O ideal é que mulheres com mais de 25 anos e vida sexual ativa façam a cada três anos. 

    O câncer de colo de útero apresenta cerca de 570 mil novos casos por ano em todo o mundo e, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), deve se manifestar em 16.590 brasileiras durante o ano de 2020. Por isso o “Março Lilás” busca conscientizar as mulheres sobre a importância de se prevenir contra o câncer do colo do útero, a quarta maior causa de morte de mulheres por câncer no Brasil. Fique atenta! Faça seus exames e busque por saúde sempre!

    Leia mais »